Buscar

Cuiabá no Sorare: Tudo o que precisa saber

Foi uma surpresa para muitos que Cuiabá se tornou a 4ª equipe a ingressar no Sorare. O time recém-promovido é a primeira mato-grossense em 35 anos a chegar à Série A. A expectativa era que lutasse bravamente contra o rebaixamento, mas o Peixe Dourado tem dado conta mas ainda não está totalmente fora de perigo.


Com apenas 7 vitórias em 28 jogos, é também uma equipa com um estilo futebolístico negativo, cedendo de boa vontade a posse de bola ao adversário (em média 41,5% de posse de bola, a pior do campeonato). Apresenta boa solidez na defesa sendo o 6º time com o menor número de gols sofridos na Liga. Ofensivamente as coisas dificultam um pouco, pelo que os 14 empates até agora não surpreendem. Estranhamente, o desempenho da equipe fora de casa é bem melhor do que em casa (7º melhor vs 18º). Em termos de Sorare, seus onze sem grande rodízio evitarão algumas surpresas de DNP e tem algumas joias de AAs que vale a pena notar.


Solidez defensiva


O Cuiabá joga com linha de 4, com Paulão e Alan Empereur no meio sendo titulares absolutos e indiscutíveis. Paulão entrega mais (15,8 AA40) do que Alan Empereur (9,8 AA40), mas ambos se beneficiam por ter mais trabalho na retaguarda, uma vez que o time não conseguem manter a bola. Marllon é a primeira opção se algum deles estiver lesionado ou suspenso. Paulão tem 35 e Uendel 33, então ambos são uma opção barata para um SO5 acima de 50.



A grande história da defesa de Cuiabá é quase toda sobre a temporada de estreia de João Lucas. O rubro-negro, de 23 anos, emprestado pelo Flamengo tem sido uma presença marcante, com suas 4,01 recuperações de bola por jogo, o que o torna o melhor do campeonato até o momento nesse registo. Uma média incrível de 19,8 AA5 exige sua atenção, assim como seu preço de 0,07 Eth. Ele é um RB defensivo então não tem muito DS vindo de lá, mas sua consistência o torna uma opção muito confiável com muita margem de crescimento. Com certeza vai brigar com Isla pela vaga no Flamengo na próxima temporada.


O goleiro é um sólido acumulador de DS que fornece muitos AAs devido a muito trabalho a cada jogo. Walter é o 14º melhor goleiro na ATM Sorare, então definitivamente merece considerando.


Meio-campo


O Cuiabá joga no sistema 4-4-2 com dois cavalos de trabalho pelo meio, Auremir e Pepê. Não há muito o que falar sobre Auremir, a não ser que ele está entregando AAs sólidos (11,72 AA5), mas Pepê tem algo especial nele. O ex-jogador do Flamengo é competente na na recuperação de bola (uma das melhores médias por jogo do campeonato), é um marcador de bolas paradas, sabe chutar de fora da área e cruzar. Ele é o pacote completo e tem apenas 23 anos.


A maior parte da construção ofensiva do time acontece nas laterais. Clayton é a força criativa di time que usa e abusa da lateral esquerda para atacar e Camilo fica mais na retaguarda para dar mais equilíbrio, sendo Max quem explora com mais frequência a direita. Tanto Max como Camilo têm menos de 23 anos e um bom futuro pela frente.


Atacantes


Marcar gols é o grande calcanhar de Aquiles do Cuiabá. Jenison é o artilheiro designado, mas seu xG é igual com seus 4 gols marcados até agora. Eles simplesmente não criam as chances de gol de que precisam para ganhar jogos e ele está frequentemente muito longe da rede oposta para fazer isso.




Luta contra rebaixamento


Cuiabá está 5 pontos acima da linha de rebaixamento. O restante do calendário não está muito ruim, mas terão jogos difíceis contra Palmeiras, Red Bull Bragantino, Corinthians, Fortaleza e disputará com os rivais diretos Santos, Chapecoense, Ceará e Bahia. Em termos de jogadores jovens, Max é um investimento interessante para o futuro com retorno imediato devido à sua condição de titular.

87 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo