Buscar

Como montar um time no Sorare com menos de R$1000,00

Fala, gurizada! Eu sou o Aluisio Pereira e talvez você já me conheça pelo canal no YouTube, mas este é meu primeiro artigo no Sorare Brasil. Espero que gostem do conteúdo feito aqui, além daquele que eu ofereço lá, vou tentar sempre fazer um link entre os assuntos para que vocês consumam da maneira que acham mais interessante. Inclusive, no fim deste post vou deixar o vídeo que falo sobre o mesmo tema desse artigo, onde eu efetivamente mostro quais cartas eu pegaria, quais filtros usar e outras dicas. Feitas as apresentações vamos para o que interessa.


Primeiramente quero deixar claro que o foco é bater o chamado "threshold", ou a tão falada meta de 205 pontos do Global All Star Division IV. Para quem não sabe, se você fizer mais de 205 pontos nesta liga (e exclusivamente nela até o momento), o jogo te premia com 0,010 ETH (R$ 114,19 na cotação atual) e esta é a maneira que muitos treinadores usam para crescer suas coleções, já que garantir essa quantia toda semana resulta em um impulso gigante em sua capacidade de aquisição de cartas. Gostaria de lembrar também, que para jogar essa divisão precisamos de, no máximo, uma carta comum e, no mínimo, quatro cartas raras.


Ao montar um time com um valor máximo devemos ter em mente o que é possível comprar com o dinheiro disponível. Acredito que todos saibam a esta altura que os goleiros são a posição mais cara, sendo assim, nossa opção de usar uma carta comum ficaria a cargo deste jogador (aqui tem um vídeo ensinando como escolher bem os times no começo para começar com bons goleiros) A partir disso, a segunda posição mais cara é a dos atacantes, seguido dos meio campistas e, por último, os defensores.


Para conseguir fazer 205 pontos, pode se dizer que cada jogador deve fazer, em média, 41 pontos, ou seja, este é o mínimo que iremos buscar na média de pontuação de cada jogador, e para isso podemos usar o site Soraredata na aba "Player Finder". Alguns filtros que eu usaria aqui são:

  • 41 pontos ou mais nos últimos 5 e 15 jogos.

  • Licenciado no Sorare (esse filtro faz só aparecerem jogadores que já têm cartas no jogo).

  • Titular ou "Substituto" (jogadores fora da rotação do time podem ser mais baratos, porém nada garante que jogarão nos próximos jogos).

  • Sem suspenção ou lesão (importante para garantir que aquele jogador está apto a jogar a próxima partida. Lembre-se que as informações do site não estão atualizadas em tempo real!).

  • Joga na semana X (o X é equivalente a semana em que você quer escalar tal jogador).

  • Jogou pelo menos 50% das partidas nos últimos 5 e 15 jogos (aqui evitamos pegar jogadores escalados esporadicamente ou que estão a muito tempo sem jogar).

No dia em que escrevo este artigo, usando os filtros citados anteriormente, consegui formar a seguinte equipe custando um total de 0,073 ETH ou R$ 819,38:

  • Primeiro Defensor: Maynor Figueroa, jogador veterano saindo pela bagatela de 0,005 ETH.

  • Segundo Defensor: Nick Hagglund, ainda com 28 anos e titular na MLS, ele tem alguns anos de carreira pela frente. Completa nossa defesa por 0,009 ETH.

  • Meio Campo: Róger Espinoza, 34 anos de pura consistência, jogou 100% de seus últimos 15 jogos. Chegaria por 0,020 ETH.

  • Atacante: Jacob Shaffelburg, jovem promessa do Toronto FC com apenas 21 anos. Entraria no nosso ataque por 0,039 ETH.

Quero salientar que caso você tenha bons goleiros, a pontuação média necessária para cada jogador de linha diminui, abrindo um leque maior e mais barato de jogadores para contratar. No vídeo abaixo, eu falo sobre tudo que citei aqui e vou além, mostro até um time de pouco mais de R$ 500,00. Espero que tenham gostado do artigo, deixem feedback nos comentários, e como eu sempre digo, até a próxima!




81 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo